Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 06 DE DEZEMBRO DE 2021
24 de JUNHO de 2021

Naviraí – Polícia Civil identifica corpo e esclarece homicídio de homem encontrado com tiros na cabeça

O corpo foi encontrado em meio a um gramado logo após o Rio Pato Branco, na estrada que liga ao assentamento Juncal

 

Investigadores do SIG (Setor de Identificações Gerais) do1ª DP (Delegacia de Polícia Civil) de Naviraí, esclareceu o homicídio onde a vítima foi um homem encontrado morto com dois tiros na cabeça na manhã de segunda-feira (21), na estrada que liga ao assentamento Juncal e identificou os autores que já haviam praticado outro assassinato na cidade de Nova Alvorado do Sul.

O corpo foi encontrado em meio a um gramado as margens da estrada logo após o Rio Pato Branco, já em estado avançado de decomposição, com duas perfurações de tiros na parte de trás da cabeça. No bolso do short do homem, foi encontrada uma carteira de identidade, porém após checagem foi constatado que a mesma era falsa.

Logo após o corpo ser encontrado a equipe do SIG passou a trabalhar no caso e 72 horas após conseguiu identificar a vítima como sendo Junio Márcio Lima Teixeira. Com a identificação do corpo as investigações avançaram e a equipe do SIG conseguiu apurar que os autores e seriam os mesmos que haviam matado no último dia 12 de junho, Sidimar Alves de Oliveira em um terminal rodoviário da cidade de Nova Alvorada do Sul.

Os investigadores do SIG de Naviraí então entraram com a Delegacia de Polícia de Nova Alvorada do Sul, sendo assim desvendada a trama de ambos os crimes e a prisão dos autores, já estavam presos no estado de São Paulo.

Ao serem presos eles confessaram o crime e foram indiciados por dois homicídios qualificados por motivo torpe e emprego de recurso que dificulta a defesa da vítima, podendo pegar uma pena de até trinta anos de reclusão.

Segundo informações, Sidimar morreu por engano, sendo que o objetivo dos autores era matar Junio, o qual estava vindo ao Estado de Mato Grosso do Sul e, por estar dormindo, acabou não descendo na cidade de Nova Alvorada do Sul, indo para Campo Grande.

O executor contratado acabou confundindo a vítima e disparou 05 vezes contra Sidimar. Somente após realizar os disparos ele percebendo que havia matado a pessoa errada.

No dia seguinte, os autores que haviam atraído Junio que era morador em Minas Gerais, onde tinha envolvimento com o trafico, para o Mato Grosso do Sul, afim de negociar drogas conseguiram localiza-lo em Campo Grande e o levaram até Naviraí, onde após passar alguns dias na casa de um dos autores foi executado com dois tiros na cabeça.

O motivo do crime segundo as investigações é em decorrência da disputa por pontos de tráfico de drogas em Minas Gerais.

 



Fonte: Redação



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  06/12/2021
Pintor é arremessado contra telhado após descarga elétrica durante serviço
GERAL  06/12/2021
Idoso é resgatado pelos bombeiros após ficar três dias perdido
POLíCIA  06/12/2021
Oito pessoas são presas e 12 armas são apreendidas durante caça ilegal
POLíCIA  06/12/2021
Homem mata esposa e filho de apenas 10 anos
POLíCIA  05/12/2021
Gestante é presa em residência que funcionava como "boca de fumo"
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909