Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 20 DE SETEMBRO DE 2021
14 de JUNHO de 2021

Festa em cassino na fronteira tem aglomeração como se “não existisse pandemia”

Na bandeira cinza, Ponta Porã sofre com a população atravessando fronteira para curti noite paraguaia
Show aconteceu na noite de ontem, em um casino na fronteira (Foto: Reprodução Vídeo)

Enquanto tenta lida com os altos índices de contágio e frear o coronavírus, Ponta Porã enfrenta dificuldade em impedir que a população saia de casa para frequentar bares e casas noturnas no país vizinho. Na noite de ontem, vídeos de um show em um cassino a poucos metros da linha de fronteira entre a cidade e Pedro Juan Caballero mostram várias pessoas aglomeradas, sem respeitar qualquer tipo de medida de biossegurança.

A festa ocorreu em um cassino, localizado na Avenida Dr. Gaspar Rodriguez de Francia,via paralela a linha que divide Ponta Porã a cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero. Nas imagens é possível ver um grande número de pessoas acompanhando show no local. Ninguém usa máscara ou mantém distanciamento social, apontado medidas eficazes de controle contra a disseminação do coronavírus.

Segundo moradores da região, muitos dos clientes do cassino são brasileiros que atravessaram a fronteira para aproveitar a noite paraguaia, já que o município sul-mato-grossense enfrenta altas taxas de proliferação da Covid-19, foi classificado como bandeira cinza no Prosseguir, para grau extremo de contaminação e por isso segue uma série de restrições, como toque de recolher às 20 horas e funcionamento apenas de estabelecimentos do serviço essencial.

Na cidade já foram registradas 229 mortes pela doença. Na semana passada o prefeito Hélio Peluffo (PSDB) declarou em vídeo que o aumento no número de mortes – quatro a seis por dia – estava causado superlotação no Hospital Regional do município e por isso estavam “empilhando corpos” na unidade. A informação foi desmentida pelo diretor-geral do hospital, Demétrius do Lago Pareja, que apesar disso confirmou a situação caótica.

Neste fim de semana, quando se comemorou o Dia dos Namorados, a prefeitura recorreu ao Facebook para pedir colaboração da população. “Hoje é Dia dos Namorados e não dia de aglomeração em bares e restaurantes. O nível de circulação viral está extremo e o risco de comer e beber sem máscara em locais públicos é alto”, escreveram em uma das publicações. Apesar disso, os flagrantes de aglomeração na fronteira continuam.



Fonte: Campo Grande News



» VEJA TAMBÉM!
POLíCIA  19/09/2021
Mulher é presa com 3,1 quilos de cocaína em posto fiscal da Receita Federal de MS
POLíCIA  19/09/2021
Jovem com passagens pela polícia é executado a tiros na fronteira
GERAL  19/09/2021
Agepan orienta e auxilia empresas para o fortalecimento do transporte intermunicipal em MS
POLíCIA  19/09/2021
Foragido no Brasil e Paraguai é preso pela Polícia Civil do MS
SAúDE  19/09/2021
Neste domingo, mais de 2 milhões de doses da Pfizer chegam ao Brasil
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909