Editor: Umberto Cardoso
zum@tanamidianavirai.com.br
+55 67 9956-1909
GERAL
24/06/2012 00h02min
Fofocas deixam as pessoas mais boazinhas
[ Divulgação ] Como era de se esperar, as pessoas dificilmente dividiram os bilhetes igualmente entre todos

Andou fofocando sobre o comportamento antiético do seu chefe? Sinta-se aliviado: fofocar pode transformar seus colegas em pessoas melhores. E o motivo é simples, ninguém gosta muito de ser alvo de fuxico. E aí mora o lado bom da fofoca.

Em um experimento realizado pela Universidade de Amsterdã, na Holanda, um grupo de pessoas foi escolhido para distribuir 100 bilhetes premiados de loteria. Os participantes poderiam dividir igualitariamente ou reservar uma quantia maior para si. Até certo ponto, os pesquisadores disseram que a decisão seria sigilosa e ninguém poderia discuti-la. Em outro momento, eles foram informados de que todos saberiam da real quantidade de bilhetes premiados – e isso, claro, poderia gerar um burburinho.

Como era de se esperar, as pessoas dificilmente dividiram os bilhetes igualmente entre todos. Mas quando sabiam do risco de fofoca, elas ficavam mais generosas.

Na mesma pesquisa, outras 300 pessoas foram convidadas a participar de um jogo online, que envolvia dinheiro. Se jogassem de forma desleal, os outros participantes saberiam – e poderiam comentar sobre como o fulano X era sacana, mercenário. Resultado: os jogadores cumpriram as regras, sem trapaças.

E disso os pesquisadores concluíram que a fofoca, na verdade, pode ser boa para manter as normas sociais e deixar as pessoas na linha.

Mas, calma lá, galera! É bom lembrar que isso só vale se a fofocar for “do bem”. Sair por aí falando mal dos outros só por raivinha, pura inveja, ou sem motivo, não ajuda em nada. Pense bem antes de espalhar alguma bobeira e criar um climão no escritório ou na faculdade.

TAGS: Fofocas, Boazinhas, Pessoas

Fonte: G1

Umberto Zum
PUBLICOU: Umberto Zum
E-Mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Siga: @tanamidianavi

Comente a Notícia
mais noticias