Editor: Umberto Cardoso
zum@tanamidianavirai.com.br
+55 67 9956-1909
GERAL
14/07/2012 00h14min
Yamaha lança primeira moto 250cc flex do mundo
[ Divulgação</span> ] Yamaha Fazer 250 Blueflex [ Rafael Miotto/G1</span> ] Fazer Blueflex tem opções de cores preta e prata
Apesar de o sistema flex ter sido inaugurado nas motos com a Honda, a Yamaha é a primeira a lançar motor bicombustível no segmento de 250 cm³. Ontem, sexta-feira (13), a Fazer 250 Blueflex fez sua estreia no Festival do Japão, em São Paulo. Além do inédito sistema que pode rodar com gasolina, etanol ou ambos ao mesmo tempo, a moto adotou novos grafismos. O preço sugerido pela Yamaha é R$ 11.690, nas cores prata e preta, com chega imediatamente à rede de concessionárias.

"A Fazer é nossa maior referência. Somos pioneiros com este modelo. Inauguramos com ela a injeção eletrônica, os freios a disco nas duas rodas e agora o sistema flex", disse Mário Rocha, diretor comercial da Yamaha. "Agora que lançamos a 250 flex, as outras marcas devem nos seguir", completou. Segundo a fabricante, seu motor monocilíndrico de 249 cm³ alcança potência máxima de 21 cavalos a 8.000 rpm e 2,1 kgfm de torque.

Com injeção eletrônica, este propulsor possui cilindro revestido de cerâmica, que ajuda a dissipar o calor. De acordo com a fabricante, para tornar a moto "totalmente flex", a moto recebeu o sistema que transfere ar quente para o motor, auxiliando a combustão. Para controlar o funcionamento do sistema bicombustível, a Yamaha adicionou a luz Blueflex no painel.

Quando o usuário gira a ignição da moto, é necessário esperar a luz Blueflex se apagar para poder ligar o modelo. Caso contrário, a motor não entrará em funcionamento. A marca informou que, em situações de baixa temperatura, o sistema pode levar cerca de 20 segundos para poder fazer a moto pegar.

No restante, a motocicleta continua a mesma. Seu tanque é de 19,2 litros e conta com freios a disco na dianteira e na traseira. O chassi é do tipo berço duplo, enquanto as suspensões possuem bengalas telescópicas na dianteira e monoamortecedor na traseira. O modelo com motor movido a gasolina segue nas lojas, com valor de R$ 11.279.

Lander Blueflex
Como a Lander possui o mesmo motor da Fazer, não seria surpresa se a Yamaha lançasse o modelo trail também com opção bicombustível. No entanto, questionada pelo G1, a marca afirmou que o modelo ainda não está no projeto. "A curto prazo não teremos a Lander flex", disse Mário Rocha.

TAGS: Yamaha, Lander Blueflex

Fonte: G1

Umberto Zum
PUBLICOU: Umberto Zum
E-Mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Siga: @tanamidianavi

Comente a Notícia
mais noticias